Privatização: Alba quer nos deixar sem água

Marco Alba quer deixar uma marca forte em seu governo. Além de ser o governante mais inoperante da história da cidade, vai deixar os gravataienses devendo até sua água. O grande projeto de Alba é privatizar os serviços de fornecimento de água, tirando a Corsan e colocando toda a água nas mãos de uma empresa privada.

Os serviços de água e esgoto são municipais em todo o Brasil e as prefeituras podem assumi-lo ou conceder a operação a outras empresas. Em algumas cidades gaúchas como Porto Alegre e São Leopoldo, empresas públicas municipais operam o serviço. Em outras, como Uruguaiana, os serviços foram parar nas mãos de empresários privados.

Em Gravataí, a concessão da Corsan foi renovada em 2009, mas com maiores e mais fortes exigências de qualidade do serviço. Um dos motivos para renovar a concessão é a concepção que os serviços de água integram regiões e não tem como ser divididos em limites municipais. A captação de água bruta em um rio pode abastecer várias cidades. Se empresas diferentes fizerem a captação, corre-se o risco de que a captação de uma empresa inviabilize a de outra, sobrando água numa cidade e faltando na outra. Por isso, o serviço tem que ser integrado.

Alba se vangloria de que a empresa que ele trouxe para conhecer Gravataí, a mesma que opera em Uruguaiana, vai investir 300 milhões na cidade, nos próximos anos. Mas ele esconde que, tirando a Corsan, a Prefeitura vai ter que indenizar os investimentos e instalações da empresa estadual, o que se estima em mais de 300 milhões (Novo Hamburgo perdeu uma ação desse tipo, referente a 1997, e vai ter que pagar cerca de 200 milhões para a Corsan).

A Prefeitura golpista se aproveita de problemas reais de abastecimento em vários pontos da cidade, para vender a ilusão da privatização. É verdade. A população precisa de várias melhorias nos serviços que são prestados. O que a Prefeitura devia fazer é fiscalizar o contrato e exigir seu fiel cumprimento, pois ele prevê várias cláusulas de proteção aos consumidores. Mas fiscalizar não é o forte dos golpistas, como já não fazem com a Sogil. E a Corsan tem vários investimentos em curso: para se ter uma ideia, em agosto próximo, a Corsan planeja o anúncio de investimentos de 130 milhões, para integrar ligações de rede que vão reduzir as faltas d’água no verão. Com a privatização, adeus investimentos.

Pense bem: se um serviço público precisa ser melhorado, a solução é colocá-lo nas mãos de um patrão privado? A empresa privada visa lucro, e não o bem-estar da população. Nossa conta de água vai aumentar e os serviços não vão melhorar, como já está acontecendo em Uruguaiana. Veja também o caso da telefonia, onde as operadoras privadas, além de cobrar caro pelos serviços, são as campeãs de reclamações nos procons do país.

Alba critica o atual contrato da Prefeitura com a Corsan, que foi assinado em 2009 por Rita e Cristiano. O que ele esconde é que, naquele ano a Corsan tinha como presidente, seu homem forte, Zaffalon, sendo o próprio Alba, o Secretário de Infraestrutura (governo Yeda). Ora, ele critica um contrato que ele mesmo elaborou. Isso pode ser chamado de má-fé?

Além disso, por que Alba quer privatizar a água na véspera das eleições municipais? É porque precisa de financiamento privado para sua campanha? Ou é porque sabe que vai perder …

Bem, para discutir tudo isso, a Câmara de Vereadores vai realizar uma Audiência Pública em 29 de junho, na próxima segunda-feira, às 19 horas, proposta pelo vereador Paulo Silveira. Será um momento para a população entender os riscos dessa privatização macabra.

Anúncios
Esse post foi publicado em Gravataí e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s